Domingo, 20 de Junho de 2021 03:09
(67) 981719389
Brasil BRASIL

Copacabana Palace vai ser multado em mais de R$ 15 mil após festa para 500 pessoas

Secretaria de Ordem Pública e a Vigilância Sanitária decidiram pela autuação depois de analisar imagens divulgadas pela imprensa e publicadas em redes sociais. Hotel também será interditado para a realização de festas por 10 dias.

15/05/2021 20h46
182
Por: Redacao Fonte: Por G1 Rio
Copacabana Palace teve festa na sexta-feira (14) — Foto: Divulgação
Copacabana Palace teve festa na sexta-feira (14) — Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio decidiu que vai multar o hotel Copacabana Palace, na Zona Sul do Rio, pela realização de uma festa de luxo -- em meio à pandemia -- para 500 pessoas na noite da sexta-feira (14).

Em nota, a Secretaria de Ordem Pública (Seop) informou que o estabelecimento será autuado em R$ 15.466,81 por infração considerada "gravíssima", e ainda será interditado para realização de festas pelo período de 10 dias, a contar deste sábado (15).

“Foi constatada aglomeração generalizada em frente a apresentação musical, caracterizando pista de dança. Os convidados não usavam máscara facial e não respeitavam o distanciamento mínimo de 1,5 m entre os participantes. Na entrada do estabelecimento, as imagens também evidenciaram aglomeração em fila de espera e acesso desordenado ao local”, afirma a Seop, em nota.

A festa na noite de sexta contou com a participação de vários artistas, como Gusttavo Lima, Mumuzinho, Ludmilla, Alexandre Pires e Dudu Nobre (veja o que eles disseram no fim do texto).

Mais cedo, neste sábado, o município havia informado que equipes da Seop e também da Vigilância Sanitária foram ao local na sexta à noite, mas não encontraram irregularidades na realização do evento.

No entanto, o cenário mudou neste sábado a partir do recebimento de denúncias sobre aglomeração na festa. Com as novas evidências, a Vigilância Sanitária informou ter constatado desobediência às medidas em vigor na cidade até 20 de maio de 2021.

Procurada pelo G1, a assessoria do hotel ainda não se manifestou sobre a autuação da prefeitura.

O que pode e o que não pode

Um decreto publicado no Diário Oficial de 7 de maio, com validade até o dia 20 deste mês, permite festas de natureza não comercial.

Ainda segundo esse decreto, as "apresentações artísticas em espaços de evento" devem observar as seguintes medidas:

atendimento às medidas permanentes e variáveis de proteção à vida (uso de máscara e higienização)

vedação de formação de filas de espera e de aglomerações na entrada e saída

distanciamento mínimo de 1,5m entre os participantes

lotação máxima de 40% (em locais fechados) ou 60% (em locais abertos)

Mais cedo, em nota, o Copacabana Palace informou que cumpriu todas as exigências do decreto.

"O hotel reforça para seus contratantes externos que o comprometimento com as recomendações das autoridades é um pré-requisito para que os eventos aconteçam. Adotamos um protocolo de prevenção e combate à Covid-19 de acordo com as regras vigentes, de modo que a saúde e segurança de hóspedes, funcionários e clientes são nossa maior prioridade", diz o texto

O que dizem as assessorias dos artistas

A assessoria de imprensa do cantor Gusttavo Lima disse que o contratante informou que todas as medidas de segurança estavam sendo seguidas, e que todos fizeram teste de Covid.

A equipe do cantor Mumuzinho disse que ele fez apenas uma participação, a convite do aniversariante. E que o evento aconteceu cumprindo os protocolos e decretos de segurança. Mumuzinho acrescentou que jamais toparia participar de um evento fora das normas em plena pandemia.

E as assessorias da cantora Ludmilla e do cantor Alexandre Pires disseram que eles não iriam se pronunciar. A TV Globo não conseguiu entrar em contato com o cantor Dudu Nobre.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.