Quinta, 05 de Agosto de 2021 12:40
(67) 981719389
Política MATO GROSSO DO SUL

Reinaldo Azambuja foi o governador que mais cumpriu suas promessas, indica pesquisa

Pesquisa realizada pelo G1, aponta que 14 das 24 promessas feitas em 2018, foram cumpridas

06/07/2021 11h10
136
Por: Redacao Fonte: Alicia Miyashiro
Reprodução Internet
Reprodução Internet

Pesquisa realizada pelo portal de notícias da Globo (G1), indica que o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja é atualmente o gestor que mais executou ações e obras prometidas em 2018.

Segundo os dados divulgados, das 24 promessas feitas, o governador cumpriu 14, com índice de 58%, o que significa mais que o dobro da média nacional, que foi de 26%.

Em segundo lugar de melhor desempenho, ficou o governador do Ceará, Camilo Santana, com 47%, seguido do governador do estado de Espírito Santo, Renato Casagrande, que cumpriu 44% de suas promessas.

Para realizar esta pesquisa, o G1 analisou as promessas cumpridas, não cumpridas, e cumpridas em parte pelos governadores do país em dois anos e meio de mandato.   

Entre as promessas que saíram do papel pelo governador do Mato Grosso do Sul, estão o aumento do número de escolas em tempo integral, geração de emprego, aumento de leitos hospitalares e nos programas Vale Universidade, Vale Universidade Indígena, Bolsa Atleta e Bolsa Técnico.

Durante seu segundo mandato, o governador aumentou significativamente o número de escolas em tempo integral, em 2018 eram 29 e neste ano são 97, com a estimativa de atender até 25 mil alunos.

Além disso, também aumentou a oferta de bolsas nos programas Vale Universidade Indígena de 1 800 em 2018 para 2 000 neste ano, e o Bolsa Atleta junto com o Bolsa Técnico, de 170 em 2018 para 265 este ano.

O Portal de notícias da Globo ainda destacou o desempenho em relação à geração de empregos, que conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em 2018 o Estado tinha saldo negativo.

Só em 2019 foram gerados 12 599 postos de trabalho, sendo o quinto melhor resultado entre os estados do Brasil, este ano, nos primeiros cinco meses, o saldo foi de 24 340 vagas.

Entre os 10 itens não cumpridos ou cumpridos apenas em parte, 7 não avançaram por não depender exclusivamente do Governo do Estado. São os casos da melhoria na Malha Oeste e a construção da ponte sobre o Rio Paraguai.

Em relação ao Aquário do Pantanal, após vencer as questões que estavam sendo discutidas na Justiça, o atual governo retomou as obras e atualmente existem 13 frentes de trabalho na realização do projeto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.