Quinta, 05 de Agosto de 2021 13:59
(67) 981719389
Dólar comercial R$ 5,21 0.36%
Euro R$ 6,16 +0.36%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.35%
Bitcoin R$ 222.520,32 +1.265%
Bovespa 121.889,14 pontos +0.07%
Porto Murtinho PORTO MURTINHO

Licitação da ponte bioceânica será nesta sexta, após três adiamentos

Envelopes serão aberto às 9h30, no MOPC (Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai)

15/07/2021 16h53
223
Por: Redacao Fonte: aroline Maldonado
Divulgação
Divulgação

Foi marcada para sexta-feira (16), a abertura dos envelopes com as propostas econômicas das empresas interessadas em construir a ponte sobre o Rio Paraguai, que vai ligar Carmelo Peralta (PY) e Porto Murtinho (MS). Os projetos serão recebidos até às 9h, no MOPC (Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai), em Assunção. Às 9h30, os envelopes serão abertos.

A data foi confirmada hoje, depois do terceiro adiamento. A princípio, a escolha da empresa seria anunciada no dia 26 de abril desde ano, mas a licitação foi suspensa pelo presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez, no dia 14 de março.

A decisão foi surpresa e o Estado de MS acionou o Ministério das Relações Interiores. O presidente paraguaio resolveu usar US$ 30 milhões que seriam do projeto da ponte para a área da saúde, por conta da pandemia de covid-19.

A obra orçada em US$ 82 milhões faz parte da Rota Bioceânica, um corredor rodoviário com extensão de 2.396 quilômetros, que vai ligar os dois maiores oceanos do planeta, do Atlântico ao Pacífico pelos portos de Antofagasta e Iquique, no Chile, passando por Paraguai e Argentina.

Na primeira vez que o governo paraguaio anunciou o adiamento da abertura das propostas, o titular Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, informou que as decisões unilaterais desagradaram.

Para Verruck a melhor decisão seria continuar com o processo licitatório normalmente e somente na homologação, caso não tivesse a disponibilidade de recursos que foram alocados para outra situação, poderia se fazer uma discussão para tomar decisão em conjunto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.