Quinta, 05 de Agosto de 2021 12:38
(67) 981719389
Geral Mato Grosso do Sul

UEMS integra Fórum da UGD da Reserva da Biosfera Mata Atlântica/Itaipu

Nos dias 14 e 15 de julho, docentes da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) - Unidade Universitária de Mundo Novo, profa. Dra. Selene...

19/07/2021 15h35
59
Por: Redacao Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Nos dias 14 e 15 de julho, docentes da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) - Unidade Universitária de Mundo Novo, profa. Dra. Selene Cristina de Pierri Castilho (membro titular) e prof. Dr. Leandro Fleck (membro suplente), participaram de forma virtual da 1ª Reunião Preparatória e de Capacitação dos representantes indicados para compor o Fórum Consultivo de Apoio à Unidade de Gestão Descentralizada da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (UGD RBMA/ITAIPU).

As áreas de Reserva da Biosfera são implementadas por governos e chanceladas pela UNESCO, sendo sua gestão exercida com apoio de colegiados de gestores compostos de forma paritárias entre representantes governamentais e não governamentais. 

No próximo dia 27, os membros do Fórum serão empossados e os documentos de regimento e plano de ação serão homologados pelo Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. O Fórum Consultivo de Apoio à UGD realiza um importante trabalho em prol da conservação e do desenvolvimento sustentável da Mata Atlântica no território reconhecido como UGD RBMA-ITAIPU, compreendido pela Bacia Hidrográfica do Paraná 3 (BP3) acrescida da área entre a BP3 e o Parque Nacional do Iguaçu.

As Unidades de Gestão Descentralizadas da RBMA consistem em unidades territoriais na Reserva da Biosfera que apresentam identidade e mecanismos de gestão colegiada, integrada e participativa voltados à promoção da conservação, do conhecimento e do desenvolvimento sustentável, reconhecidas e assim designadas pelo Conselho Nacional da RBMA. A atuação da UGD será alinhada com a promoção do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, ODS 11, meta 11 (apoiar os vínculos econômicos, sociais e ambientais positivos entre as áreas urbanas, metropolitanas e rurais, fortalecendo o desenvolvimento nacional e regional) e de acordo com as premissas do programa “O Homem e a Biosfera: foco em conservação dos recursos naturais, desenvolvimento sustentável e promoção do conhecimento científico e dos saberes tradicionais da região”.

A UGD se caracteriza por ser uma nova instância no sistema de gestão e contará com a coordenação da Itaipu Binacional por um período de 4 anos. Dentre os principais objetivos do Fórum, se destaca o estímulo aos municípios integrantes do território da UGD para elaboração e implementação de seus Planos Municipais da Mata Atlântica, em consonância com as diretrizes dos instrumentos de gestão territorial nacionais, regionais e locais, alinhados com os princípios da Reserva da Biosfera e os objetivos estratégicos da Itaipu Binacional para a segurança hídrica

O Fórum Consultivo de apoio a UGD é composto por 10 membros governamentais e 10 membros não-governamentais, dentre estes: instituições de ensino como a UEMS e UDC, órgãos ambientais, representantes dos municípios (Conselho dos Municípios Lindeiros), representantes do turismo (Parque das Aves e Cataratas S/A) e dos agricultores (Biolabore); ONGs (Mater Natura e Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia); além do Parque Tecnológico Itaipu (PTI). Para isso, contará com o apoio das 20 instituições convidadas que, passaram pela capacitação durante a 1ª Reunião do Fórum Consultivo de Apoio à Unidade de Gestão Descentralizada da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (UGD RBMA/ITAIPU).

O evento contou com a participação dos generais João Francisco Ferreira (diretor-geral brasileiro da Itaipu) e Luiz Felipe Carbonell (diretor de Coordenação), os quais participaram da abertura do evento e enalteceram a importância do Fórum para as ações de sustentabilidade ambiental. Para o professor Dr. Leandro Fleck, coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, é muito importante a participação da UEMS de Mundo Novo na composição do Fórum Consultivo de Apoio à Unidade de Gestão Descentralizada da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. “Considerando o caráter ambiental dos cursos ofertados e a localização geográfica da UEMS de Mundo Novo, entendemos que integrar o Fórum nos possibilitará ampliar as ações na área de ensino, pesquisa, extensão, inovação e internacionalização, além de contribuir diretamente para o desenvolvimento sustentável regional”, destaca o professor.

Já a profa. Dra. Selene Castilho ressalta que “participar de uma iniciativa pioneira e inovadora como essa é uma honra e excelente oportunidade para a UEMS, para Mundo Novo e região, pois estaremos representando o Mato Grosso do Sul neste Fórum, contribuindo para as discussões de estratégias de desenvolvimento sustentável em todas as áreas, desde a conservação da biodiversidade, passando por adoção de práticas e atividades sustentáveis e difusão e valorização do conhecimento científico e tradicional”, ressalta.

Assessoria de Comunicação da Uems

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.