Terça, 28 de Setembro de 2021
34°

Poucas nuvens

Porto Murtinho - MS

Porto Murtinho PORTO MURTINHO

Casal é condenado a 30 anos e 3 meses de prisão pela morte de Nathalia em Porto Murtinho

O júri popular teve início às 8:30h desta sexta-feira e terminou às 01:20 deste sábado.

04/09/2021 às 01h30 Atualizada em 04/09/2021 às 01h36
Por: Redação Fonte: Porto Murtinho Notícias
Compartilhe:
O júri popular teve início às 8:30h desta sexta-feira e terminou às 01:16 deste sábado (Porto Murtinho Notícias)
O júri popular teve início às 8:30h desta sexta-feira e terminou às 01:16 deste sábado (Porto Murtinho Notícias)

Dois anos e dois meses após a morte de Nathalia Alves Corrêa Baptista, na época com 27 anos, José Romeiro de 38 anos e Regiane Marcondes, 33 anos, foram condenados a 30 anos e 3 meses de reclusão em regime fechado pelo assassinato da vítima em julgamento realizado nesta sexta-feira (3) em Porto Murtinho.

Por medidas de segurança, a Rua 13 de Maio, em frente ao prédio do Fórum, foi interditada desde às 7h, familiares espalharam faixas em frente ao local e pediram justiça durante o julgamento.

Duração - O júri popular teve início às 8:30h desta sexta-feira e terminou às 01:20 deste sábado.

Casal durante julgamento, nesta sexta-feira, no Fórum de Porto Murtinho.

Após as oitivas das testemunhas, sustentação oral de Defesa dos acusados e todo processo de julgamento, a sentença foi anunciada e o casal deverá cumprir o estabelecido.

O crime bárbaro ocorreu em 15 de julho de 2019, de acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual, José Romero e Regiane Marcondes atraíram Nathalia até a pousada administrada pelo primeiro. Na ocasião, José Romero teria utilizado substância para deixar a vítima inconsciente e, em seguida, desferido golpe com uma barra de ferro na cabeça desta, como “prova de amor” a Regiane Marcondes, rival de Nathalia.

O casal queimou o corpo de Nathalia, o colchão onde ocorreu o crime e os pertences da vítima, bem como se desfez dos restos mortais, jogando-os no Rio Paraguai.

Na tentativa de apagar os vestígios do crime, José Romero teria lavado o local do delito e passado substância corrosiva no piso, bem como realizado pintura nas paredes, além de ter mandado cimentar o lugar em que o corpo da vítima foi queimado.

Com base nas apurações, o Ministério Público Estadual denunciou os suspeitos pela prática dos crimes de homicídio qualificado, que prevê pena de 12 a 30 anos de reclusão e multa, e de destruição de cadáver, com pena de 1 a 3 anos de reclusão e multa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Porto Murtinho - MS
Sobre o município
Porto Murtinho - MS Atualizado às 11h11 - Fonte: ClimaTempo
34°
Poucas nuvens

Mín. 25° Máx. 38°

Qua 38°C 27°C
Qui 39°C 27°C
Sex 40°C 28°C
Sáb 39°C 27°C
Dom 39°C 29°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete