Domingo, 17 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Porto Murtinho - MS

Fronteira FRONTEIRA

Vídeo mostra execução em Pedro Juan Caballero

As imagens são usadas pela polícia paraguaia nas investigações das mortes de 4 pessoas

10/10/2021 às 10h44 Atualizada em 10/10/2021 às 10h59
Por: Redação Fonte: Ponta Porã NEWS
Compartilhe:
Reprodução Vídeo
Reprodução Vídeo

Três atiradores chegando com armas em punho em praticamente um fuzilamento de quatro pessoas à céu aberto e diante de um vasto público em plena madrugada de sexta (8) para sábado (9) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia localizada na fronteira com a brasileira Ponta Porã.

Este é a cena vista em vídeo usado pela polícia paraguaia na tentativa de descobrir quem são os pistoleiros e os mandantes do crime que, como uma verdadeira chacina, matou quatro pessoas na fronteira, entre elas um traficante, a filha do governador do departamento paraguaio de Amambay, e duas estudantes.

No início das imagens, é mostrado o trânsito no local do crime é a chegada das vítimas a uma SUV - tipo de veículo utilitário de luxo - branca estacionada na calçada, próximo a um espaço de eventos em Pedro Juan Caballero.

Depois, na parte de baixo, surge uma camionete prata, que para ao lado da SUV. Dois homens descem com armas em punho do lado do motorista e um do lado do passageiro, abrindo fogo de imediato e matando com tiros à queima roupa quatro pessoas.

As vítimas são Osmar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos, que é tido como o alvo dos pistoleiros pela investigação, Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, filha de Ronald Acevedo, atual governador de Amambay. Ela foi alvejada com seis disparos no tórax, pulmão e pernas da jovem, conforme as autoridades.

Segundo o site Frontera Seca News, Osmar e Haylee eram namorados - Haylee também é sobrinha do famoso senador Roberto Acevedo, que se destacou pelo combate ao tráfico de drogas e críticas na mídia contra o crime organizado da região.

As outras duas vítimas eram colegas de faculdade de Medicina em Pedro Juan, e acompanhavam Haylle e Osmar, sendo elas a douradense Kaline Reinoso, de 20 anos, e a mato-grossense Rhannye Jamilly Borges de Oliveira, de 18. Kaline foi atingida por 14 tiros, enquanto Rhannye foi alvo de 10 disparos.

A polícia do Paraguai recolheu 110 cápsulas de alto calibre no local do crime. De acordo com as informações apuradas pelo Campo Grande News, foram encontradas pelo menos 60 cápsulas de calibre 7,62 e 50 de munições calibre 5,56.

Nas imagens é possível ver momento em que homens descem da camionete e abrem fogo contra as vítimas (Foto: Reprodução)

Possível mandante - Investigadores da Polícia Nacional trabalham com a hipótese de que o atentado tenha sido ordenado pelo PCC (Primeiro Comando da Capital). De acordo com site paraguaio Última Hora, Osmar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos, era dono da lavanderia onde foi realizada uma assembleia do PCC.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Porto Murtinho - MS Atualizado às 03h10 - Fonte: ClimaTempo
20°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 30°

Seg 29°C 19°C
Ter 35°C 22°C
Qua 37°C 24°C
Qui 37°C 24°C
Sex 35°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete