Domingo, 29 de Maio de 2022 04:25
(67) 981719389
Fronteira FRONTEIRA

Mario Abdo e Bolsonaro apertam as mãos no combate ao crime de fronteira

O presidente da República, Mario Abdo Benítez e Jair Bolsonaro, destacaram o trabalho dos dois países no combate ao crime organizado.

18/04/2022 12h16
188
Por: Redação Fonte: Ultima Hora
Mario Abdo Benítez e Jair Bolsonaro destacaram o combate ao crime organizado. Foto: Arquivo UH.
Mario Abdo Benítez e Jair Bolsonaro destacaram o combate ao crime organizado. Foto: Arquivo UH.

 

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, informou através de sua conta no Twitter que a operação “Brasil*Paraguai” Nova Aliança destruiu um total de 11.600 toneladas de drogas entre 2019 e 2021.

“O Brasil apresentou ao Paraguai um plano elaborado pelo Ministério da Justiça para intensificar o combate ao crime organizado no Cone Sul”, disse o chefe de Estado.

Nesse sentido, o presidente indicou que a assinatura de um acordo de cooperação bilateral permite o desenvolvimento de estratégias no combate ao crime transnacional.

 

Por sua vez, o presidente da República do Paraguai, Mario Abdo Benites, foi rápido em responder à mensagem de seu colega.

“Vamos continuar fortalecendo as operações conjuntas de combate ao crime transnacional e suas estruturas financeiras. Um inimigo comum que não conhece fronteiras”, disse.

Por fim, Bolsonaro respondeu a Abdo Benites com os emojis das bandeiras do Paraguai e do Brasil e acompanhado de um aperto de mão.

 

Sem acordo com a tarifa de Itaipu

Continua a incerteza quanto às negociações entre Paraguai e Brasil sobre a tarifa da energia produzida pela Itaipu Binacional.

O Paraguai insiste em manter o preço em US$ 22,60 kW/mês, enquanto o Brasil quer que os números caiam para US$ 18,95 kW/mês.

Até agora, não há acordo sobre o preço da taxa.

Os presidentes Mario Abdo e Jair Bolsonaro já tiveram uma reunião para discutir o assunto no dia 24 de novembro, mas não se concretizou.

Uma possível redução na tarifa da hidrelétrica beneficia mais o país vizinho, já que sua estrutura absorve 85% da produção de energia de Itaipu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.