Quinta, 29 de Outubro de 2020 12:34
(67) 996972768
Tecnologia Tecnologia

Apps falsos com propagandas foram baixados por oito milhões de usuários

Adwares estavam presentes em 85 aplicativos de fotografia e jogos disponíveis na Google Play Store, mas os programas já foram removidos

17/08/2019 09h02
407
Por: Helder Gomes Holanda Fonte: https://www.techtudo.com.br
Fonte: Google Imagens
Fonte: Google Imagens

Mais de oito milhões de usuários de celulares Android baixaram aplicativos infectados com adwares na Google Play Store. De acordo com informação divulgada pela empresa de cibersegurança Trend Micro nesta sexta-feira (16), 85 aplicações maliciosas se disfarçaram de jogos e editores de imagem para veicular anúncios e gerar lucro de forma fraudulenta. Todos os apps já foram removidos da loja.

 Mistura das palavras advertising (publicidade, em inglês) e software, o termo adware se refere a aplicativos e programas criados para distribuir publicidade no dispositivo do usuário. Em geral, eles rodam em segundo plano, clicando em anúncios e gerando receita sem o consentimento da vítima. No entanto, os adwares encontrados na Play Store eram especialmente sofisticados, conforme afirmam pesquisadores da Trend Micro.

"Não é uma família de adware comum. Além de exibir anúncios que são difíceis de fechar, ele emprega técnicas exclusivas para evitar a detecção por meio do comportamento do usuário e dos gatilhos baseados no tempo", explicou Ecular Xu, engenheiro especialista em ameaças em dispositivos móveis da Trend Micro.

Após instalados, os aplicativos falsos permaneciam inativos por cerca de meia hora, quando ocultavam seu ícone e criavam um atalho na tela inicial do usuário. Segundo os pesquisadores, a estratégia ajudava a impedir que o adware fosse excluído caso o usuário decidisse arrastar e soltar o atalho para o botão "desinstalar".

Quando o app era desbloqueado, exibia anúncios em tela cheia. "Os usuários são forçados a visualizar toda a duração do anúncio antes de poderem fechá-lo ou voltar para o aplicativo em si", disse Xu. Ele acrescentou que a frequência de exibição das propagandas podia ser configurada remotamente pelo fraudador. Com isso, seria possível driblar o intervalo padrão de cinco minutos e gerar um lucro ainda maior.

A Trend Micro divulgou uma lista com os aplicativos fraudulentos, que, em geral, eram mal avaliados na Play Store — os usuários reclamavam do "dilúvio" de anúncios pop-up. Super Selfie Camera, Cos Camera, Pop Camera e One Stroke Line Puzzle são alguns exemplos — cada um deles com cerca de um milhão de downloads. O Google não costuma comentar a remoção de apps de sua loja oficial.

Como se proteger?

Para evitar a instalação de apps falsos que contenham códigos maliciosos, é importante sempre verificar o desenvolvedor e as avaliações do programa na loja. Também é válido instalar um antivírus no seu smartphone, para aumentar sua proteção contra malwares e outros tipos de invasão.

Por Ana Letícia Loubak

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.