18°C 35°C
Porto Murtinho, MS

Vereadores rejeitam redução de valores e aprovam salário de R$ 35 mil para prefeito de Ivinhema

Câmara aprovou aumento do subsídio do prefeito, vice-prefeito e primeiro escalão do município

02/07/2024 às 20h23
Por: Redação Fonte: Dândara Genelhú
Compartilhe:
Câmara de Ivinhema. (Reprodução, Casa de Leis)
Câmara de Ivinhema. (Reprodução, Casa de Leis)

A Câmara de Ivinhema aprovou o aumento de salário do prefeito para R$ 35 mil e reajuste dos subsídios do primeiro escalão do município, a 292 quilômetros de Campo Grande. Na sessão da segunda-feira (1), eles rejeitaram emenda que reduzia os valores propostos pelo Executivo.

O presidente da Câmara, vereador Valdemar Angelo (PDT), propôs a redução dos valores. “Ivinhema ainda tem prioridades que ainda temos que colocar na frente antes que nossos dirigentes do Executivo tenham esse aumento de salário”, disse em sessão ordinária.

Assim, afirmou que “às vezes nós temos que dar uma olhadinha para trás, de repente começar um aumento de salário, reajuste para aqueles que ganham menos, pensar num plano de cargos e carreiras.

Uma cobrança que essa casa tem feito há muito e muito tempo. A gente não percebe iniciativa do Executivo neste sentido”.

Conforme a emenda proposta, o salário do prefeito iria para R$ 22 mil e do vice-prefeito para R$ 13 mil. Já os dos secretários iria para R$ 11,5 mil e do procurador do Município para R$ 13 mil.

Contudo, os vereadores recusaram a proposta de alteração do projeto de lei. Foram oito votos contrários e dois favoráveis.

Subsídio reajustado

Portanto, a maioria da Casa de Leis aprovou a matéria em primeira discussão. Pelo rito, o projeto necessitaria de duas discussões para aprovação e posterior sanção do Executivo do município.

Logo, os parlamentares fizeram intervalo de alguns minutos e abriram sessão extraordinária para votar o projeto do reajuste em segunda discussão. A proposta foi aprovada por oito vereadores. Além de Valdemar, o vereador Alessandro Ribeiro (PP) foi contra o aumento do salário do prefeito.

Por fim, o subsídio mensal do prefeito passa a ser de R$ 35 mil, vice-prefeito será de R$ 17,4 mil, secretários municipais receberão R$ 12,5 mil, e o procurador-geral do Município terá um subsídio mensal de R$ 18,2 mil. Os valores serão pagos a partir de 2025.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sem foto
Sobre o município
Ver notícias
Porto Murtinho, MS
30°
Tempo limpo

Mín. 18° Máx. 35°

29° Sensação
2.5km/h Vento
27% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h28 Nascer do sol
06h27 Pôr do sol
Dom 35° 19°
Seg 36° 18°
Ter 38° 20°
Qua 38° 20°
Qui 39° 20°
Atualizado às 10h05
Economia
Dólar
R$ 5,60 +0,00%
Euro
R$ 6,10 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 396,640,20 -0,82%
Ibovespa
127,616,46 pts -0.03%
Publicidade