Banner Assembléia Legislativa 2020 ALMS MAIS
AUTOMEDICOU

Automedicação na tentativa de evitar contaminação por coronavírus mata paciente nos EUA

A mulher do paciente também usou o remédio e está internada em estado grave

24/03/2020 16h13Atualizado há 1 semana
Por: Redacao
Fonte: R7 Saúde
124
Reprodução Internet
Reprodução Internet

Remédio divulgado como possível cura para o coronavírus matou um paciente na cidade de Phoenix, no Arizona. Ele se automedicou com fosfato de cloroquina, pois confundiu a substância utilizada no tratamento de parasitas em peixe com a hidroxicloroquina, comumente usado para tratar malária, lúpus e artrite reumatoide.

A mulher do paciente que morreu nos EUA também usou o remédio e está internada em estado grave. Ela disse que tomou a decisão ao ouvir o presidente Donald Trump falar o nome para o combate do covid-19.

No entanto, muitas pessoas que tentaram usar o medicamento convencional na Nigéria foram intoxicadas ou tiveram overdose. Como está em testes, é importante evitar a automedicação.

 As informações foram publicadas pelo pela CNN, nesta terça-feira (24), com base em um comunicado do hospital Banner Health, e replicadas pelo R7 e Techmundo no Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.