Terça, 04 de Agosto de 2020 18:56
(67) 996972768
Brasil CORONAVÍRUS

Médico referência em reprodução é sedado após exame de Covid

Boletim foi divulgado por volta das 10h desta quarta-feira (22). Segundo unidade hospitalar, quadro clínico do paciente inspira cuidados.

22/07/2020 17h59
170
Por: Redacao Fonte: Por G1 BA
Médico Elsimar Coutinho é internado em hospital de Salvador. — Foto: Redes Sociais / Reprodução
Médico Elsimar Coutinho é internado em hospital de Salvador. — Foto: Redes Sociais / Reprodução

O médico Elsimar Coutinho, que está internado no Hospital Aliança, em Salvador, após apresentar Síndrome Respiratória Aguda Grave, está com problemas renais e pulmonares. A informação foi divulgada pela unidade médica na manhã desta quarta-feira (22).

Elsimar está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), desde segunda-feira (20). Segundo a equipe executiva do médico, ele foi levado para a unidade de saúde após apresentar dificuldade para respirar. Lá, ele então foi submetido a teste, que deu positivo para a Covid-19.

Apesar disso, o boletim médico do Hospital Aliança não cita o teste positivo para o novo coronavírus. A unidade disse ele está internado na UTI em decorrência de Síndrome Respiratória Aguda Grave.

No boletim divulgado na terça-feira (21), o hospital disse que o médico estava em ventilação artificial e sedado. No divulgado nesta quarta, além de falar dos problemas renais e pulmonares, pontou que "nas últimas 24 horas, permaneceu sob ventilação artificial, com estratégia protetora pulmonar, sedado e confortável".

O boletim ainda pontuou que o quadro clínico do paciente inspira cuidados, mas que todos os recursos disponíveis estão sendo oferecidos.

O médico é referência no campo da reprodução humana. Formado em farmácia e depois em medicina pela Universidade Federal da Bahia, Elsimar Coutinho fez pós-graduação em endocrinologia na Universidade de Sorbonne, em Paris, França, e no Instituto Rockfeller, em Nova York, EUA.

Nos anos 60, como professor e pesquisador da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia, o médico observou pela primeira vez os benefícios da supressão da menstruação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.