Terça, 29 de Setembro de 2020 11:06
(67) 996972768
Cidades MATO GROSSO DO SUL

Governo tira do ar dados que elevam em 5 mil os casos positivos de coronavírus em MS

Novas diretrizes do Ministério da Saúde serão revisadas pelos municípios em 24h

09/09/2020 13h10 Atualizada há 3 semanas
79
Por: Redacao Fonte: Guilherme Cavalcante e Evelin Cáceres
Reprodução Internet
Reprodução Internet

O Governo de Mato Grosso do Sul tirou do ar nesta quarta-feira (9), após divulgar na plataforma oficial sobre as confirmações de casos de coronavírus, o boletim epidemiológico que deve ir ao ar na quinta-feira (10) após revisão dos municípios. Com novos critérios de diagnóstico adotados pelo Ministério da Saúde, os casos de Covid-19 no Estado podem aumentar em 5 mil. A informação foi confirmada pelo secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende.

“Nós faríamos essa divulgação hoje, mas os municípios vão revisar esses dados e nós divulgaremos nas próximas 24 horas”, explicou. O critério considera que diagnósticos clínicos – feitos pela sintomatologia ou exames como raios-X e tomografias – já poderão ser considerados confirmatórios de Covid-19, mesmo sem teste comprobatório.

A mesma estratégia já é utilizada em outras doenças, principalmente entre arboviroses, como dengue, e zyka, nas quais os sintomas já são levados em conta para o diagnóstico de pacientes, mesmo sem comprovação por testes sorológicos, etc.

Adiado

O novo critério já seria adotado a partir desta quarta-feira (9): mais cedo, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) publicou versão do boletim epidemiológico com mais de 5 mil confirmações de novos casos nas últimas 24h. Posteriormente, o documento foi retirado do ar e uma versão revisada colocada em seu lugar.

Segundo a SES, a decisão de adiar por um dia o novo critério ocorreu para que os municípios tenham um pouco mais de prazo para a revisão desses dados.

“Somente Campo Grande teria mais de 1 mil novos casos. Então resolvemos suspender a divulgação para possibilitar a checagem pelos municípios. Com os novos critérios do Ministério, são levados em conta não só o resultado do laboratório, mas o fator diagnóstico clínico epidemiológico. Vamos pedir para as secretarias municipais revisarem esses dados e voltaremos a divulgá-los amanhã”, explicou Geraldo Resende, titular da SES.

Mais de mil mortes

Mato Grosso do Sul registrou 982 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, conforme os critérios antigos, e 1.009 mortes, sendo 20 nas últimas 24 horas, todas ocorridas no mês de setembro. Com isso, o total de infectados em MS chega a 55.345, com registro total de 1.007 mortes – 20 nas últimas 24 horas, conforme a SES (Secretaria de Estado de Saúde). Já para a próxima quinta-feira (9), segundo a SES, deve ocorrer o incremento de 5 mil, que também deverá fazer a taxa de letalidade cair de 1,8% para para 1,7%.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.