Terça, 27 de Outubro de 2020 06:01
(67) 996972768
Porto Murtinho PORTO MURTINHO

Polícia Militar Ambiental de Jardim e Porto Murtinho fiscalizam 39 barcos, 108 pescadores e apreendem oito espinheis com 235 anzóis e 35 anzóis de galho nos rios Paraguai e Apa

Os proprietários dos petrechos ilegais não foram identificados

12/10/2020 10h52
319
Por: Redacao Fonte: Ednilson Paulino Queiroz
PMA MS
PMA MS

Uma das maiores preocupações da PMA na prevenção à pesca predatória é a retirada dos rios de petrechos de pesca proibidos que são armados por infratores, principalmente as redes de pesca, os espinheis, anzóis de galho, devido ao alto poder de captura e depredação de cardumes, apesar, da dificuldade de se prender os autores devido ao pouco tempo de exposição para armá-los nos rios.

E esse trabalho tem sido realizado durante as fiscalizações e durante a operação Ictiofauna não é diferente. Os Policiais patrulham os rios com muito cuidado para se conseguir avistar e retirar esse material. Equipes da Polícia Militar Ambiental de Porto Murtinho e Jardim fiscalizam os rios Paraguai e Apa durante a operação e abordaram 39 embarcações em atividade de pesca amadora e profissional, bem como pescadores que praticavam a pesca no barranco do rio, em um total de 108 pessoas fiscalizadas, que pescavam legalmente.

Entretanto, cumprindo um dos objetivos primários da operação que é a retida de petrechos ilegais, os Policiais já retiraram e apreenderam nos dois rios, 35 anzóis de galho e oito cordas de espinhel, medindo 240 metros, com um total de 235 anzóis. Os proprietários dos petrechos ilegais não foram identificados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.