Terça, 24 de Novembro de 2020 05:00
(67) 98171-9389
Dólar comercial R$ 5,43 0.88%
Euro R$ 6,43 +0.77%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.68%
Bitcoin R$ 106.468,22 +0.408%
Bovespa 107.378,92 pontos +1.26%
Porto Murtinho PORTO MURTINHO

Licitação viabiliza estrutura da Rota Bioceânica no lado brasileiro em Porto Murtinho

Paraguai já inaugurou quinta etapa das obras para o empreendimento a ser instalado na fronteira

20/11/2020 23h30 Atualizada há 2 dias
261
Por: Redacao Fonte: Tainá Jara
Porto Murtinho Notícias - Toninho Ruiz
Porto Murtinho Notícias - Toninho Ruiz

Licitação para pavimentação do acesso ao estacionamento de triagem, em Porto Murtinho, vai viabilizar implantação da estrutura da Rota Bioceânica do lado brasileiro. Do lado paraguaio, o corredor rodoviário que irá interligar o Brasil, por meio de Mato Grosso do Sul, com os portos chilenos, está na quinta etapa de pavimentação.

Nesta sexta-feira (20), o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez e o ministro das Obras Públicas e Comunicações, Arnoldo Wiens, inauguraram o “tramo 5” do trecho da Rota Bioceânica naquele país, com 14 km de asfalto, entre as cidades paraguaias de Loma Plata e Carmelo Peralta. Além disso, também foram iniciadas as obras no trecho Filadélfia - Loma Plata, Linha do Norte.

“Essa movimentação das obras no Paraguai é importante para consolidar a Rota Bioceânica e mostra que o projeto anda muito bem”, comenta o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Em Mato Grosso do Sul, a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) divulgou nesta sexta-feira (20) o resultado da licitação para a implantação e pavimentação do acesso ao Estacionamento de Triagem (ETM Murtinho), em Porto Murtinho. A obra, orçada em R$ 2,521 milhões, teve como vencedora a empresa Engenharia e Comércio Bandeirantes Ltda.

“O obra da rotatória para o estacionamento de caminhões em Porto Murtinho era um compromisso do Governo do Estado, para dar mais segurança na circulação de veículos no local que dará acesso ao estacionamento e aos portos. Além disso, está praticamente concluída a obra do minianel rodoviário de Porto Murtinho e o governo federal, por meio do Dnit, já realizou o recapeamento de vários trechos da BR 267. É visível na região o quanto o cronograma avança”, afirma Jaime Verruck

Ainda nesta semana, de acordo com o titular da Semagro, o Dnit encaminhou ofício à secretaria, solicitando que sejam definidos e informados quais os órgãos do Governo do Estado vão necessitar de instalações e estruturas no futuro Centro Integrado de Controle de Fronteira, que será construído pelo governo federal em Porto Murtinho, próximo à ponte sobre o Rio Paraguai.

 Também tivemos reunião com um importante operador da hidrovia, que já fez uma aquisição de área para a construção de mais um porto no município e já começamos as tratativas para o licenciamento, operação, que tipo de demanda. Tudo isso mostra que a Rota Bioceânica vai se consolidar e Porto Murtinho caminha para se tornar um grande hub logístico”, finaliza Jaime Verruck.

Além de Porto Murtinho, outra estrutura será levantada entre Foz do Iguaçu e a cidade paraguaia de Presidente Franco, vizinha a Ciudad del Este, passando pelo Rio Paraná. O custo total previsto para essas duas pontes é de US$ 270 milhões, pouco mais de R$ 1 bilhão, investidos ao longo dos próximos dois anos e meio a três anos, prazo também previsto para a conclusão das obras.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.