Domingo, 24 de Janeiro de 2021 12:09
(67) 981719389
Brasil BRASIL

Desemprego salta a taxa recorde e atinge 14,1 milhões no país

Número de desempregados no país aumenta 1,3 milhão em 3 meses e chega a 14,1 milhões. Em 1 ano, Brasil perdeu 11,3 milhões de postos de trabalho, segundo o IBGE.

27/11/2020 08h21
173
Por: Redacao Fonte: Por Darlan Alvarenga, G1
Evolução da taxa de desemprego — Foto: Economia G1
Evolução da taxa de desemprego — Foto: Economia G1

O desemprego no Brasil saltou para a taxa recorde de 14,6% no trimestre encerrado em setembro, afetando 14,1 milhões de pessoas, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua), divulgada nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O índice de 14,6% corresponde a um aumento de 1,3 ponto percentual em relação ao 2º trimestre (13,3%), e de 2,8 pontos percentuais frente ao mesmo intervalo do ano passado (11,8%).

"Essa é a maior taxa registrada na série histórica do IBGE, iniciada em 2012, e corresponde a 14,1 milhões de pessoas. Ou seja, mais 1,3 milhão de desempregados entraram na fila em busca de um trabalho no país", informou o IBGE.

População ocupada cai para nova mínima histórica

população ocupada no Brasil encolheu 1,1% em 3 meses, para 82,5 milhões, atingindo o patamar mais baixo da série histórica, segundo o IBGE. Em 12 meses, o país perdeu 11,3 milhões de postos de trabalho, considerando todas as formas de atuação no mercado de trabalho.

Na comparação com o trimestre anterior, a taxa de desemprego subiu em dez estados e ficou estável nos demais. As maiores taxas foram na Bahia (20,7%), em Sergipe (20,3%) e em Alagoas (20,0%). Já a menor foi registrada em Santa Catarina (6,6%).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Porto Murtinho - MS
Atualizado às 13h09 - Fonte: Climatempo
32°
Pancada de chuva

Mín. 26° Máx. 32°

33° Sensação
20.1 km/h Vento
41.6% Umidade do ar
67% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (25/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (26/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.